COMO AGREGAR VALOR À ESTRATÉGIA DE CONTEÚDO?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on pinterest

A estratégia de conteúdo possibilita basear o posicionamento de uma empresa em temas específicos. Ela permite que a empresa, entre outras coisas, seja mais legível nos mecanismos de busca, gere tráfego qualificado em seu site, atraindo o internauta através de conteúdos adaptados a ele. A implantação de uma estratégia de conteúdo relevante garante consistência entre todos os meios de comunicação: site, mídia social etc. Também significa entregar o conteúdo certo na mídia certa, na hora certa.

COMO CONFIGURAR UMA ESTRATÉGIA DE CONTEÚDO COM VALOR?

Qual é a estratégia da empresa e como ela pode ser traduzida em objetivos de comunicação? O primeiro passo é determinar o objetivo a ser alcançado. É importante definir rapidamente os objetivos do site para saber qual é o retorno do investimento direcionado. Queremos que o site traga tráfego, notoriedade, gere vendas ou é simplesmente um meio de informação?

A maneira mais fácil de entender as necessidades dos alvos é representá-los como uma persona. Dando-lhes uma identidade real, eles têm necessidades, hábitos e perguntas. Quais são os seus medos? Como melhor responder a eles? Essas respostas constituirão, portanto, as informações nas seções do site ou aparecerão nas notícias. O estudo da análise da web também é importante na definição de necessidades, pois ajuda a definir palavras-chave populares e tendências de pesquisa.

Cada mídia deve ter um objetivo de comunicação e um público-alvo. Os suportes devem atender às diferentes necessidades das pessoas coletadas acima. Destinado a um tipo de público, a mídia está centrada em torno de uma linha editorial específica. Assim, definimos por meio de que ângulo abordar o conteúdo a ser publicado, o tom a ser utilizado.

A seção de notícias ou o blog do site é uma oportunidade de distribuir conteúdo com valor agregado para seu público. Esse conteúdo pode ser prático, informações setoriais. Podem ser artigos, entrevistas, estudos de caso, fotos, vídeos, etc.

Cada conteúdo deve ser estruturado de acordo com um modelo para consistência do site, tranquilizando o usuário da Internet. Esses modelos servem como um guia de redação, no caso de uma equipe de colaboradores múltiplos. Não hesite em aplicar as regras da escrita na web e pense na relevância de seu conteúdo.

IMPLANTE UMA ESTRATÉGIA DE CONTEÚDO

Depois de desenvolver os diferentes tipos de conteúdo, coloque-os em um calendário editorial que lista o conteúdo a ser publicado nas diferentes mídias, dependendo do mês do ano. No entanto, para a parte de notícias do site e das redes sociais, isso permite antecipar a redação futura, os assuntos e os temas que estão por vir.

Esse cronograma também pode ser usado como um plano de manutenção: saber quando atualizar as páginas do site. Por outro lado, ele também conta com o Google Analytics para fornecer conteúdo no momento certo. Essa programação também pode conter indicadores como número de impressões, comentários e ações de compartilhamento. Assim, avaliamos o interesse do público em suas publicações.

O Analytics é valioso para avaliar a relevância de seu conteúdo.

ORGANIZE UM CIRCUITO EDITORIAL

Muitas vezes, é necessário configurar um circuito editorial de longo prazo na empresa para coletar informações, moldá-las, possivelmente corrigi-las / traduzi-las e colocá-las on-line.

A estratégia de conteúdo é importante no marketing de entrada. Sempre nos dizem que, para atingir as metas de marketing, você precisa ter uma estratégia ideal de marketing de conteúdo.

O problema é que nem sempre somos informados sobre como fazer marketing de conteúdo. Consequência: as empresas estão implementando uma estratégia de conteúdo, mas de maneira bastante heterogênea. Nós distinguimos aqui três níveis.

Nível 1: criar conteúdo relevante

Essa é a base básica. O objetivo é criar um blog e conteúdo para atrair nossos clientes em potencial para o nosso site.

Nesse nível da “estratégia de conteúdo”, focamos mais na produção de conteúdo do que no objetivo a ser alcançado. O risco é criar conteúdo sem um objetivo específico e sem medir os resultados. No entanto, sem um objetivo, não pode haver estratégia.

No entanto, esse primeiro nível torna possível acompanhar o ritmo da produção e implantar recursos. Mesmo que isso não seja suficiente para se destacar, é um bom começo para iniciar processos de estruturação.

Nível 2: crie conteúdo que converta

Nesse nível, o objetivo é dar um passo adiante e introduzir a noção de intenção. O profissional de marketing faz as seguintes perguntas:

  • Como conseguimos um visitante em nosso site?
  • Por que alguém lerá este conteúdo?
  • Depois que ele visualizar nosso conteúdo, qual o próximo passo que podemos oferecer a ele?

Nesta fase, você precisa definir suas personas de comprador. Diversificamos o conteúdo. Começaremos a criar iscas digitais, conteúdo premium (por exemplo, white papers).

A cada conteúdo, associamos ferramentas (CTA, páginas de entrada, formulários) e objetivos de conversão. Também avaliaremos os resultados de nossa estratégia de conteúdo, analisaremos a aquisição, definindo KPIs de marketing de conteúdo.

O risco, nesse nível, é microgerenciar o conteúdo. Podemos terminar com um conteúdo que vai em todas as direções.

Nível 3: crie conteúdo combinado com uma estratégia de marketing de entrada

Agora cabe a nós adicionar a visão global e a consistência entre os conteúdos que estavam faltando no nível anterior. Para a criação de conteúdo, pensaremos em uma matriz de persona / posição no ciclo de compras.

Agora criaremos silos de conteúdo para cobrir os estágios sucessivos da jornada de compra de cada persona. Dependendo do curso, podemos atribuir objetivos diferentes ao nosso conteúdo.

Para garantir que cada cliente em potencial receba conteúdo adequado às suas preferências e posição na jornada de compra, automatizaremos a distribuição do conteúdo.

Por fim, ao mesmo tempo, aprimoramos o conhecimento do cliente e a oferta de conteúdo para criar uma experiência de usuário fluida e personalizada. Este é o estágio em que a estratégia de conteúdo se torna uma mecânica de precisão. Então, se não enviarmos a mensagem certa no momento certo, corremos o risco de interromper tudo e bloquear nossa liderança no funil.

Escrito por ADRSMARKETING
O Marketing Digital é uma excelente oportunidade para alavancar o seu negócio, trazendo mais visibilidade e proximidade com seu cliente.

Posts Relacionados

Marketing digital

BLOG: SAIBA COMO MONETIZAR O SEU

Monetize seu blog! Não seria ótimo se você tivesse a oportunidade de viver exclusivamente da renda do seu blog? Certamente sim! Mas apenas, a web